Planificar

Antes de iniciar a etapa diária, é fundamental realizar alguns exercícios de aquecimento.

Deve manter um ritmo regular, iniciando lentamente e ir progressivamente aumentando esse ritmo. Procure sincronizar a respiração com o ritmo da marcha.

Se fizer o Caminho acompanhado, não tente acompanhar os outros, siga o seu próprio ritmo.

Nas subidas mantenha uma posição ereta e um passo curto e lento, procurando apoiar toda a planta dos pés fletindo o tornozelo. Nas descidas deve prestar mais atenção ao terreno, sobretudo em terreno resvaladiço, fletir bem os joelhos para amortecer o choque do impacto da descida, e evitar descer demasiado devagar.

O cansaço e a hipoglicémia são os maiores causadores de acidentes por falha física e psíquica. Assim, de modo a minimizar lesões e fadiga, é imprescindível manter-se muito bem hidratado e ingerir glícidos regularmente.

As paragens ajudam a desanuviarmos mentalmente e facilitam o relaxamento. Se nos esgotarmos, demoraremos mais a recuperar-nos e fá-lo-emos com maior dificuldade.

Procure descansar cerca de 5-10 minutos a cada uma ou duas horas, aproveitando para hidratar e consumir algum alimento. Tente não fazer demasiadas pausas ou comer em excesso durante o percurso.

Note que as pausas devem ser feitas antes do obstáculo, e não depois.

Sempre que fizer uma pausa mais longa e no final de cada etapa diária deve executar exercícios de alongamento.